Conteúdos Web
Escrita, Edição e Gestão de Comunicação
Menu

Hábitos para desenvolver a criatividade

hábitos para desenvolver a criatividade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Independentemente dos motivos do bloqueio, a criatividade é uma capacidade passível de ser exercitada e gerida graças a um conjunto de hábitos e atitudes que nos ajudam a libertar das questões secundárias, a organizar as ideias e a gerar conteúdos inovadores para transmitir.

Por vezes, nem sempre conseguimos ter ideias imediatas sobre o que escrever, ou sobre como abordar um determinado assunto.

As dificuldades e os bloqueios podem ser resultado do cansaço, da ansiedade, da falta de concentração, da pouca familiaridade com o tema tratado – as razões podem ser variadas, mas sempre podem ser geridas e contornadas!

Como podemos tornar-nos pessoas criativas, desenvolver um trabalho criativo de qualidade, em tempo útil e sem bloqueios?!

Existem um conjunto de técnicas e exercícios que nos ajudam a estimular a criatividade e a fazer brotar ideias. Adotando alguns hábitos novos e exercitando as novas mudanças, a criatividade tornar-se-á alho natural e espontâneo na sua vida.

Veja ainda como se desenvolve o processo criativo e como pode ajustar e aproveitar as suas capacidades.

De seguida apontamos algumas dessas técnicas, ou hábitos que podemos experimentar no nosso dia-a-dia, sem grandes transtornos e sem necessidade de muitos investimentos:

 

Ler muito

Esta diria que é a condição mais universal de todas, para escrever bem e muito, precisamos de ler muito também e de ler bem, o que significa sermos capazes de interpretar, associar e categorizar de forma correta qualquer tipo de enunciado. Quanto maior for a nossa capacidade de leitura e interpretação de diferentes registos, mais facilitada será a adaptação a novas temáticas e também a novos registos.

Por isso, acho que é importante ler sobre diferentes assuntos (mesmo sobre os quais tenhamos tanto interesse) e em diferentes suportes: revistas, jornais, banda desenhada, livros infantis (sim, são óptimos para desconstruirmos o nosso pequeno mundo!), romances, crónicas, ensaios, literatura histórica, policiais, etc. Todo o tipo de suportes, desde que bem escritos.

 

Conversar com pessoas

Conversar com os amigos, familiares, trocar ideias, rir muito e, sobretudo, estar atento aos outros – o que são, o que pensam, quais as suas expectativas, quais as suas necessidades e anseios. Saber ouvir, saber perceber o que o outro espera de nós ajuda-nos a desenvolver a capacidade de intuição, a sensibilidade e a capacidade de comunicação. Conversar e conviver com outras pessoas permite estimular as capacidades de relação e interação social, a inteligência emocional e, portanto, também a forma de gerir os nossas próprios anseios e desânimos.

 

Hobbies

Sair da rotina de trabalho e/ou de estudo, através de um hobbie é uma forma de manter-se activo, descontrair e estimular a criatividade e o pensamento divergente.

Além de ler – uma prática sempre importante para renovar conhecimentos e abrir horizontes – poderá fazer pintura, música ou voluntariado. Poderá ter uma banda, ou frequentar aulas de música, pintura, ou desenho, por exemplo. Se gosta, poderá ainda cozinhar, para a família ou para os amigos, a experimentar receitas novas.

O importante é fazer uma actividade que goste, que o faça sentir-se descontraído e renovado!

O voluntariado é outra forma de ocupar o seu tempo com a garantia de que ganhará algo novo no contato com as pessoas, no desenvolvimento de capacidades de ajuda e apoio às pessoas, assim como no descobrir de novas dimensões de relacionamento interpessoal e social.

 

Fazer desporto

Fazer desporto, mais uma vez, é uma forma saudável de manter estimulado o corpo e, portanto, também a mente. Pode praticar desporto em casa, ou num ginásio, sozinho ou com amigos, ao ar livre ou num local próprio. O que importa é tomar a decisão, praticar e, sobretudo, fazer disto um hábito e uma rotina. Verá que logo a curto prazo irá sentir-se mais descansado, descontraído (e leve), com uma auto-motiva renovada e com ânimo para desenvolver novas ideias.

O deporto ajuda a libertar tensões e com isso o trabalho torna-se mais estimulante, as ideias fluem com maior naturalidade. Portanto, os 20 minutos diários que dedicar a praticar desporto serão recompensados com horas de trabalho fluído e compensador, em termos de criatividade, resultados e produtividade.

 

Ter um blogue

Ter um blogue, sobretudo para quem gosta de escrever, pode funcionar com um bom estímulo para ajudar a desenvolver capacidades, como a organização de ideias, a desenvolver o raciocínio, a capacidade de análise e a capacidade de comunicação. Por outro lado, aumenta a segurança com que escreve, ajuda a ganhar confiança na capacidade de escrita, bem como desenvolver e aperfeiçoar técnicas de comunicação.

Se não tem o hábito de escrever e gostaria de criar um blogue pessoal, aqui pode descobrir como estimular as capacidades que estão adormecidas, potenciar os seus conhecimentos, porque aprender e melhorar é sempre possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *